Têm apenas 13 anos e fizeram história nos Jogos Olímpicos com um skate

MOMIJI NISHIYA E RAYSSA LEAL FAZEM PARTE DO PÓDIO FEMININO MAIS JOVEM DA HISTÓRIA DOS JOGOS OLÍMPICOS


A idade não é proporcional ao talento destas duas atletas da modalidade de street skate, que está a dar que falar nos Jogos Olímpicos.

Para começar, é a primeira vez que esta modalidade vai aos Jogos Olímpicos. Depois, o pódio feminino é o mais jovem na história da competição.


A japonesa Momiji Nishiya, de 13 anos, ficou em primeiro lugar, a brasileira Rayssa Leal, de 13 anos, ficou com a prata e a também japonesa Funa Nakayama, de 16, conquistou o bronze. Estas três jovens atletas já fizeram história por si, mas, individualmente, bateram recordes.


Momiji Nishiya tornou-se na primeira campeã olímpica da modalidade e a mais jovem medalhada de ouro do Japão e Rayssa Leal é a mais jovem representante olímpica do Brasil e a mais jovem medalhada. Com apenas 13 anos, fizeram história numa modalidade que é cada vez mais vista como uma arte.

Impressionaram com aquilo que eram capazes de fazer em cima de um skate e brilharam com verdadeiras proezas. Estão a começar a sua carreira, mas algo nos diz que será um percurso brilhante a julgar por estes primeiros passos. Mostraram, sobretudo, que não há idade para se ser talentoso.



A representar Portugal no skate tivemos Gustavo Ribeiro que ficou em oitavo lugar na prova conquistada por Horigome Yuto.


  • Partilha:

Top