Martha foi impedida de usar um vestido de noiva no casamento. Agora, aos 94 anos cumpre o sonho

QUASE 70 ANOS DEPOIS DE TER DITO O "SIM", MARTHA CUMPRE O SONHO DE TODA A VIDA


Para o dia do seu casamento, Martha Tucker só tinha um sonho: ter um vestido de noiva.

Quis o ano em que se casou, e a sociedade da altura, com as suas regras, que este sonho ficasse por cumprir.

Até agora.

Aos 94 anos, e quase 70 anos depois de ter dito o "sim", Martha Tucker cumpriu o seu grande desejo e experimentou um vestido de noiva, na companhia da sua neta.


Em 1952, ano em que Martha Tucker se casou, as leis de segregação racial no Alabama, Estados Unidos, impediram-na de entrar numa loja de noivas por ser negra. Por isso, no dia do seu casamento, subiu ao altar com um vestido azul pelo joelho, com um corte "sereia", que foi comprado pela dona da casa onde trabalhava como empregada doméstica.


Os anos passaram-se, a família cresceu, e o sonho permanecia dentro de Martha Tucker. Até que decidiu partilhá-lo com a sua neta, Angela Strozier, enquanto viam uma cena de casamento no filme "Coming to America". Aí, Angela soube que tinha de ajudar a avó, de 94 anos, a concretizar este desejo. Contratou um maquilhador e foi com ela até uma loja de noivas para fazer provas de vestidos.



A história ganhou eco, depois da neta de Martha ter partilhado o momento, com fotografias das provas, no Facebook. Nelas, é possível ver a felicidade desta avó e desta neta que, juntas, acabaram por cumprir um sonho muito antigo.


Angela disse à imprensa local que a avó sempre fez tudo por ela e pelos que a rodeiam e agora foi a vez dela de lhe retribuir. Mesmo quase 70 anos depois do casamento, e já viúva, não foi tarde para esta mulher se ver ao espelho com um vestido de noiva.


  • Partilha:

Top